Será que estou sendo enganado? – Parte 2

Tempo de leitura: 3 minutos

Perguntei ao dono do posto de gasolina porque ele queria vender o negócio que aparentemente tinha uma grande perspectiva de crescimento, e ele respondeu estar cansado fisicamente devido não ter condições de tirar férias. Ele afirmou saber do potencial do negócio, mas por causa de problemas pessoais optou pela venda.

Pude observar num pequeno episódio como ele administrava o posto. Um colaborador perguntou sobre uma placa de orientação para os clientes, inclusive chegou a sugerir uma solução que julguei muito boa, mas ele por duas vezes não quis aceitar a solução e no final informou ao colaborador sobre o momento de dar solução para aquela situação, ou seja, ficaria para outro dia.

Percebi rapidamente não haver delegação de ações simples para os colaboradores, e vi aí um ponto de melhoria contínua, e eu faria rapidamente, e tenho certeza na obtenção de excelentes resultados.

Quero comprar esse posto de gasolina e preciso aumentar meus conhecimentos sobre esse negócio para ter clareza e certeza sobre a decisão maior da minha vida. Consegui acesso a um CHECK LIST sobre o assunto e vou aprofundar meus conhecimentos sobre isso.

Um profissional do setor de vendas de empresas, especializado em postos de gasolina, transmitiu algumas informações sobre o negócio e fez-me ver de um modo melhor a situação. É certo também que esse profissional esforça-se em vender os produtos dele porque recebe uma comissão mínima de 6% sobre a transação. Como um posto em nossa região custa em torno de 1 milhão de reais no mínimo, essa comissão é de R$ 60.000,00 – sessenta mil reais. Esse valor justifica o meu empenho em aprender mais sobre postos de gasolina.

Peguei o CHECK LIST e rapidamente li todas as questões para definir as mais importantes e para decidir rapidamente marquei uma reunião com o dono do posto para obter as respostas para aquelas perguntas.

 

Na ocasião notei certo desconforto do dono do posto porque as perguntas eram bem interessantes e aprofundadas, demonstrando conhecimento de minha parte. Afinal esse é o negócio da minha vida e não posso ter medo de tomar a decisão certa nem equivocar-me sobre minhas impressões. Vocês sabiam que um posto de gasolina tem a tal de Licença de Operação do órgão ambiental e essa licença tem as condicionantes?

Nunca tinha ouvido falar de “condicionantes”. São certas obrigações que aquele posto de gasolina tem obrigação de cumprir para permanecer no negócio e até para obter uma renovação dessa licença. E em alguns casos essas condicionantes exigem um investimento grande como troca de tanques e tubulações dentro de um determinado prazo. Registro na ANP Agencia Nacional do Petróleo, Alvará de Funcionamento, LMC Livro de movimentação de Combustíveis, Contratos com a Distribuidora também são muito importantes. Estou me tornando um expert em posto de gasolina.

Tem também o volume de vendas de gasolina, etanol e diesel, dos produtos da loja de conveniência e da troca de óleo. São importantes para aferir quanto de recursos gera para pagar as despesas fixas e variáveis.

Procurando ser racional ao extremo e buscar as informações nos locais corretos, consegui ter uma visão muito próxima da realidade daquele posto de gasolina e me possibilita preparar-me para fazer uma proposta por escrito.

Coloquei todos os números numa planilha em formato excel montada especialmente para saber tudo sobre o posto de gasolina, e essa planilha possibilita ainda fazer algumas simulações. Pronto, estou plenamente consciente do valor que posso ofertar naquele negócio e vou fazer o mais rápido possível.

Marquei o dia e hora para fazer a proposta de compra do maior negócio da minha vida.